EVEREST_FABRICA-DE-TEMPEROS

Quer montar um negócio próprio? Fábrica de temperos pode ser uma opção

Diante da instabilidade econômica e das incertezas para os empregados, muitos profissionais têm buscado abrir o próprio negócio. Porém, empreender também exige o cumprimento de uma série de requisitos importantes. A escolha do segmento não é algo fácil, pois é preciso fazer uma análise do mercado, mão de obra, insumos e maquinários necessários, sem contar na projeção de lucro. Uma ideia interessante é apostar em áreas pouco visadas, já que, consequentemente, existem menos investimentos e maior possibilidade de venda e nesse sentido, uma fábrica de temperos pode ser uma oportunidade. Trabalhar com diferentes aromas, sabores e cores para transformar a maneira de cozinhar, dentro e fora de casa.

Nesse mercado, é possível não só explorar os temperos já existentes, como buscar alternativas diferenciadas. Mas, para que tudo isso seja possível, é necessário fazer uma análise de mercado e de como será o ingresso de uma nova empresa no segmento. No que se refere à fábrica de temperos, existem empresas de todos os portes realizando o serviço, desde pequenas até as grandes. A produção dos itens não é cara e isso faz com que as barreiras para dar início às atividades não sejam tão grandes. Essas facilidades apontam para uma grande oportunidade, mas para a permanência no mercado é preciso estar atento à real demanda.

A localização da fábrica de temperos também deve ser estratégica. Não basta que o espaço comporte todos os equipamentos, insumos e funcionários, é preciso que o investimento necessário esteja dentro do orçamento. Além disso, outra questão a se levar em consideração é a proximidade com clientes e fornecedores. O acesso à empresa deve ser fácil para que da mesma forma que a distribuição seja prática, o recebimento de matéria-prima também.

Depois de definido o local, o próximo passo é pensar na estrutura. É preciso dividir os espaços em seções para recepção da matéria-prima, fabricação, montagem, expedição e vendas, além do escritório administrativo. Também é importante pensar em comportar todos os funcionários e o maquinário necessário. A fabricação de temperos é simples e não exige grandes esforços, desde que realizada adequadamente. As etapas de produção consistem em redução da matéria-prima em pó para então ser embalada. A conservação é feita em estufas com baixa temperatura, para que sejam preservadas as propriedades do produto.

O grande diferencial de um novo negócio nesse setor é a qualidade e a fabricação de opções diversificadas, porém, um fator que pode afetar negativamente é o fornecimento de matéria-prima que pode oscilar de acordo com as mudanças climáticas. Os equipamentos são parte fundamental para o bom funcionamento da fábrica de temperos, entre eles estão os moinhos, as balanças de precisão, utensílios diversos, rotuladoras e seladoras automáticas. A Everest, fabricante de máquinas seladoras, reforça que uma embalagem adequada é capaz de aumentar a validade do produto, além de facilitar o manuseio por parte do consumidor. “As máquinas seladoras são equipamentos preparados para contribuir nas linhas de produção de diversos produtos, como os temperos, e possui alta performance e bons resultados”, finaliza.

A devida regulamentação de uma fábrica de temperos é fundamental para que nenhum órgão impeça o funcionamento. As normas são as expedidas pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e as ações implementadas precisam estar de acordo com a legislação que rege a indústria de alimentos. No momento do planejamento da abertura de uma empresa é importante entender um pouco dos recursos que serão necessários para que seja possível mensurar o investimento. Uma orientação para que tudo esteja em conformidade é buscar mentorias em órgãos especializados com o Sebrae.

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>